TROVAS DE D. DINIS NA TERRA DO FERRO

Contexto Histórico 2020

Trovas de D. Dinis na Terra do Ferro é o tema da edição de 2020 da Feira Medieval de Torre de Moncorvo. A recriação histórica acontece dias 24, 25 e 26 de abril, no centro histórico da vila.

A Feira Medieval de Torre de Moncorvo distingue-se das demais existentes em Portugal, devido à grande envolvência dos comerciantes e população local, que se vestem a rigor e participam ativamente na iniciativa. Uma outra particularidade é a de ser sempre dedicada ao Rei D. Dinis e de ter sempre como ponto de partida o ferro de Moncorvo.

Dinis não só apreciava literatura, como foi ele próprio um poeta notabilíssimo e um dos maiores e mais fecundos trovadores do seu tempo. Aos nossos dias chegaram 137 textos da sua autoria, distribuídas por todos os géneros (cantigas de Amor, cantigas de Amigo e cantigas de Escárnio e Maldizer). A cultura foi um dos seus interesses pessoais.Dinis (1279-1325) atribuiu a Torre de Moncorvo carta de foral, mandou-lhe construir cerca, concedeu-lhe carta de feira e outros privilégios, incentivando o povoamento e a exploração económica da região. A nível nacional fomentou todos os meios de riqueza nacional na extração da prata, estanho e ferro. Torre de Moncorvo não deve ter sido exceção, uma vez que possui a maior jazida de ferro da Europa.

Este é o ponto de partida para encetarmos uma viagem histórica à terra do ferro, durante a idade média. Aqui, é possível fazer compras num mercado medieval, participar em repastos nas tabernas, passear pelas ferrarias e mercado do ferro, assistir a várias recriações históricas e apreciar trovas e folguedos nos vários espaços do centro histórico, que servem de cenário a esta Feira Medieval.

Na Idade Média, as feiras eram um dos aspetos mais importantes da organização económica.

É dia de mercado anual em Moncorvo. Por estes dias as ruas enchem-se de pessoas oriundas de toda a parte do reino. Mercadores e forasteiros dão uma nova vida por estes dias nestas terras frias, e no Largo da Ferraria calor não falta. O negócio do ferro é o ponto alto destes dias; mercar e trocar é o objetivo de todos. 

Moncorvo e o Ferro sempre estiveram ligadas desde que o homem começou a minerar as suas terras. O Ferro extraído de grande qualidade era reconhecido nos cantos do Mundo e de muitas rotas de comércio. Este bem precioso durante muitos séculos foi cobiçado por vários povos levando o Rei a conceder privilégios únicos às pessoas que o trabalhavam nestas terras.

 

Copyright © Municipio de Torre de Moncorvo

Subscrever

Subscreva para receber informações sobre a Feira Medieval de Torre de Moncorvo